Conecta Centrão

CENTRÃO - MOODLE: 


        De acordo com o disposto no Plano de Ação de gestão pedagógica da atual direção do CEM 01 de São Sebastião, iniciamos a utilização do ambiente virtual através da ferramenta Moodle como parte integrante do processo ensino-aprendizagem:

1.5. Trabalhar o uso de ferramentas tecnológicas (e oficinas para democratização de seu uso) para comunicação entre estudantes, funcionários/as, família, professores/as, orientação educacional, equipe de ensino especial e equipe administrativa: (1) construção da página institucional do colégio; (2) uso das redes sociais como canal institucional com devida mediação; e (3) implementação do aplicativo “Remind” para comunicação pedagógica entre estudantes, professoras/es e família.
... 
3.2.4. Continuar e aperfeiçoar as avaliações pedagógicas internas, multidisciplinares e interdisciplinares. 
... 
3.5.4. Revitalizar a sala de informática e ampliar o seu usopor parte de estudantes e professoras/es. 
... 
5.2. Buscar ferramentas tecnológicas de auxílio pedagógico para sistemas de avaliação e compartilhamento de dados coletados e/ou necessários aos docentes. 

(PLANO DE AÇÃO 2017-2019)

        Com o avanço da tecnologia, novas tendências vêm sendo descobertas, organizações, professores e estudantes são desafiados/as a repensar e a inovar os modelos de educação existentes, modificando o tempo e o espaço de aprendizagem com a intenção de atingir novas possibilidades de formação.

        Desenvolvido por Dougiamas (1990), o Moodle foi concebido com o intuito de servir de ambiente para a aprendizagem colaborativa, integrando uma perspectiva construtivista. Para tanto, o processo de ensino-aprendizagem passa a ser centrado no estudante de forma que os conteúdos, a ação do/a professor/a, o ambiente e seus recursos são direcionados e só se tornam significativos se contribuírem para a apropriação do conhecimento por parte do educando. 

        O Moodle se diferencia de outras plataformas pelo fato de sua interface ter sido desenhada com base no modelo social de aprendizagem, ou seja, centrada no estudante. A ferramenta apresenta vários recursos como, por exemplo, fóruns de discussão, diários, glossários, tarefas, chats, questionários, que podem ser selecionados pelo/a professor/a de forma a atender aos seus objetivos pedagógicos e às necessidades educacionais. 

        Um dos principais objetivos dessa ação pauta-se na apropriação de novas tecnologias para dar suporte aos estudantes criando estratégias de envolvimento com o espaço escolar. Segundo dados do MEC, atualmente, mais de 1 milhão de jovens de 17 anos que deveriam estar no terceiro ano do ensino médio estão fora da escola. Outros 1,7 milhão de jovens não estudam nem trabalham. Esses índices levaram o MEC a buscar um novo modelo para o seguimento. O novo currículo do ensino médio será composto pela Base Nacional Comum Curricular e por itinerários formativos, que deverão ser organizados por meio da oferta de diferentes arranjos curriculares, conforme a relevância para o contexto local e a possibilidade dos sistemas de ensino, a saber: I – linguagens e suas tecnologias; II – matemática e suas tecnologias; III – ciências da natureza e suas tecnologias; IV – ciências humanas e sociais aplicadas; V – formação técnica e profissional.


(Art. 35 LEI 13.415, de 16 de fevereiro de 2017) § 8o Os conteúdos, as metodologias e as formas de avaliação processual e formativa serão organizados nas redes de ensino por meio de atividades teóricas e práticas, provas orais e escritas, seminários, projetos e atividades on-line, de tal forma que ao final do ensino médio o educando demonstre: I - domínio dos princípios científicos e tecnológicos que presidem a produção moderna; II - conhecimento das formas contemporâneas de linguagem. ”

        Entendendo o panorama atual e conscientes de nossa participação como atores no processo de transformação no modelo de ensino, a utilização da ferramenta Moodle é uma tentativa de êxito pedagógico. Entretanto, para que possamos alcançá-la, essa ação pressupõe a participação e envolvimento de toda a comunidade escolar no sentido de se construir um novo arranjo espaço-tempo, levando a um ambiente construtivista que componha interação com colaboração e que seja propício ao desenvolvimento de um contexto de aprendizagem centrado no estudante. Não obstante, há de se considerar para execução e apoio à proposta, as esferas regional e central de gestão educacional que se sobrepõem ao contexto escolar do CEM 01 de São Sebastião. 


Gestores de políticas públicas em diferentes níveis de governo e áreas de atuação são desafiados a formular, executar e avaliar políticas dirigidas a diferentes públicos jovens no contexto de intensas transformações nas formas e conteúdos das instituições sociais, transformações essas que interferem nas condições e capacidades dessas mesmas instituições de promoverem processos de socialização. (CARRANO, 2010, p.160) 

        Experiências educacionais exitosas são conhecidas através da utilização do Moodle indicando ganhos pedagógicos e culturais que pressupõem a indicação de eventos atemporais que se manifestam no simbolismo de atenuação de conflitos de várias ordens no contexto escolar. Estamos no início de um processo e de uma tentativa. O objetivo maior é traçar estratégias que fortaleçam a relação: estudante ensino médio e escola. Grande desafio! Mas, acreditamos que no percurso, apesar dos contratempos estruturais e operacionais, buscaremos de todas as formas adequá-lo ao contexto educacional atual e as singularidades de nossa comunidade escolar com a qual temos nosso maior compromisso.

CONECTA CENTRÃO!!!        

NOTÍCIAS MAIS VISITADAS NO SITE

CARTAS AOS RESPONSÁVEIS

NOTA DE ESCLARECIMENTO 24/09/2020